quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Bolsas Masculinas - Dicas e Modelos

 

Here’s the deal: Somos homens e gostamos de carregar nossas tralhas conosco! Já foi-se o tempo em que os rapazes entupiam os bolsos da calça com carteira, celular, chaves, panfletos amassados, chicletes e outras miudezas.

Para que deformar nossas lindas – a nem sempre baratas – calças se podemos levar tudo aquilo que precisamos em uma bolsa?

Eis uma seleção de bolsas masculinas para diversas ocasiões.

 

Billy Reid Tool Bag 

Tool Bag by Billy Reid: Tool Bag, porque o design da bolsa lembra uma mala de ferramentas. O modelo é bom para quem trabalha e precisa carregar muitas coisas. A alça permite que você zanze por aí, atenda o celular e carregue 18 pastas, tudo ao mesmo tempo, claro!

 

Bolsa Carteiro 

Bolsa Carteiro by Topman: As bolsas carteiro geralmente são associadas ao visual riponga dos anos 70, mas hoje as coisas mudaram e o modelo está cooler than ever!

 

Bolsa Holdall

Bolsa Holdall by Topman: Hold+All = Segure Tudo!!! Ideal para quem tem que carregar grandes volumes ou gosta de viajar, mas não suporta esparar pela mala de carrinho na esteira.

 

Bottega Veneta

Bolsa Holdall by Bottega Veneta: Bolsas grandes são práticas. Um modelo como esse, da Bottega Veneta, é um real investimento. O couro é bom, o estilo atemporal e você pode usá-lo para trabalhar ou durante uma viagem no final de semana.

 

Bowling Bag DSqarred² 

Bolsa Holdall by DSquarred²: Cuidado! O mundo está começando a assimilar a ideia de homens usarem bolsa então, baby steps. Nada de modelos muito chamativos em ambiente profissional ou mais conservador, afinal de contas, ninguém quer tomar uma lâmpada na cabeça.

 Doctor Bag Dolce & Gabbana

Doctor Bag by Dolce and Gabbana: Não precisa explicar muita coisa aqui. É Doctor Bag porque parece aquela maletinha dos médicos de outrora.

 

 Dunlop

Bolsa Tiracolo by Dunlop: Este modelo, em especial, é mais esportivo. Indicado para passeios em parques, ambientes abertos e até para carregar a tralha da academia.

 

Holdall

Mais uma Holdall

 Leonello Borghi Sport Bag

Sport Bag by Leonello Borghi

 

Louis Vuitton Kelly Inspired

Handbag by Louis Vuitton: Usar um modelo desses exige muita presença, personalidade e velocidade (alguns homens vão querer te bater e algumas mulheres vão querer te roubar). Essa bolsa da Vuitton é uma releitura do modelo Kelly, da Hermès. Sem dúvida, lindo!

 

Maleta Bottega Veneta

Maleta by Bottega Veneta: Maletas são excelente pedida para ambientes profissionais e para lugares que exigem uma certa sobriedade. Para ficar chic with a twist escolha um modelo com ferragens ou em croco.

 

Moore and Giles Travel Bag 

Salvatore Ferragamo

Travel Bags by Moore and Giles e Salvatore Ferragamo: Bolsas de viagem são ideias para passar um fim de semana fora ou para destinos menos afastados. Os modelos em couro não mais resistentes.

Topman Escolar

School Bag by Topman: Esta é, sem dúvida, uma das minhas preferidas! Inspirada nos modelos escolares do começo do século XX, a school bag é descontraída e clássica ao mesmo tempo. Indicada para quem gosta do visual preppy.

 

Tote Bag

Coach Varick Tote Bag

Tote Bags by Topman – Feitas em nylon, geralmente, as tote bags são muito práticas. É incrível como cabe coisa dentro de uma tote! O modelo foi popularizado pela Prada em 1978, quando Miuccia Prada, frente à crise que a marca enfrentava, decidiu confeccionar bolsas com o mesmo nylon usado pelos militares.

OSB - O Fábio Garcia, do blog Bolsas de Valor fez uma ótima observação sobre a bolsa Louis Vuitton deste post. Copio a mensagem dele aqui:

“A bolsa da Louis Vuitton da foto é o modelo Steamer Bag, original de 1901, concebida como uma bolsa de lavanderia,ou melhor, para guardar a roupa suja de viagem. Era para ficar dentro dos famosos baús, mas ganhou as ruas e hoje o modelo existe em diversos padrões: Damier,Monograma,Damier Graphite ou essa edição especial de passarela em Monogram Revelation da coleção masculina Outono/Inverno de 2009.
Enquanto o modelo Kelly é original de 1930, mas ganhou o nome Kelly somente em 1956.
Então, se uma for releitura da outra, é a Kelly que seria releitura da Vuitton, embora não acredite que uma se inspirou na outra.”

 

Thx Fábio!

Um comentário: