terça-feira, 2 de fevereiro de 2010

10 Fashion No-No's de Trabalho

Arranjou aquele super emprego dos sonhos? Quer uma promoção? Tá doida pra mudar de departamento? Nossas roupas dizem muito a nosso respeito, isso não é novidade nenhuma. O seu guarda roupa pode ser seu melhor aliado na hora de ascender no trabalho... ou não!
Eis aqui as dez coisas que dão demissão fashion por justa causa:

Decotão - Essa dica vale especialmente para as recepcionistas. Recepcionistas do Brasil, ouçam-me! Os clientes querem ser recebidos por uma figura que represente a empresa como sendo uma instituição séria e respeitada e não por um par de peitos, portanto fechem esses decotes já!!! As outras profissionais não se isentam desta regra. Você deve ser reconhecida por sua capacidade e eficiência e não pelo seu bojo, meuamô!

Transparências - Elas estão liberadas - com moderação - desde que a peça transparente seja uma sobreposição a uma peça opaca. Agora, se você pensa que passear pelos corredores da empresa com aquela camisa de gaze caríssima, deixando mostrar aquele seu sutiã Victoria's Secret über-sexy vai te levar a cargos superiores, não se engane. Esse look vai te levar, no máximo, até o hall da (má) fama da mulherada.

Chinelos - Há uma diferença gritante entre rasteirinhas e chinelos. Pra começo de conversa, algumas rasteirinhas foram pensadas, desenhadas e produzidas especialmente para ambientes de trabalho - mais informais, diga-se de passagem - e os chinelos foram pensados para: limpar a casa, ir à praia, fazer feira e atividades dominicais intra-domicílio. Então, a menos que você seja empregada doméstica, salva vidas ou recreadora de almoço de domingo, esqueça as chinelas no escritório!!!

Calça de Moletom - A menos que você seja técnico de algum time de futebol, ou coordenadora de um grupo de cheerleaders, faça um favor à sua carreira: Não use calças de moletom no trabalho. Se tem uma coisa que essa peça não transparece é profissionalismo. Se você for representante comercial, então, nem se fala! Eu sei que elas são confortáveis, mas hey! As pantalonas de algodão já foram inventadas, sabia?

Saia Curta - O joelho é a medida ideal - a não ser que você seja dançarina de um baile funk. a saia da trabalhadora que quer se fazer respeitada não deve exceder esse limite. Pode dizer o que for: "Augusto, você é um ditador da moda!", "Seu fascista fashion!" e outras maledicências. I don't care a bit! Estou aqui pra ajudar e às vezes isso demanda um pouquinho de tough love. Então, amigas, nada de fazer a alegria dos estagiários-derrubadores-de-canetas! Saia é no joelho! (tolerância máxima de dois dedos acima).

Trapos - Existe uma diferença bastante visível entre patchwork e roupa remendada. O mercado de trabalho exige profissionais atuais e uma das maneiras pelas quais você pode mostrar ao boss que você é a funcionária mais updated da firrrrma é usando roupas que não aparentam ter sido mastigadas pelo Reptar (lembram dos Rugrats?). Asseio é fundamental em qualquer ambiente, principalmente no de trabalho, fikdik!

Roupas Ultrapassadesésimas - Nem me venha com esse papinho de que o vintage tá com tudo! Vintage é uma coisa e pegar um vestido poeirento, cheio de bolinhas (não me refiro a poás) e de modelagem velha é outra completamente diferente! A realidade é dura: O mundo trata melhor quem se veste bem! só não é pra levar ao pé da letra e aparecer amanhã no serviço fantasiada de Lady GaGa!

Bolsa da Betty Boop - Eu já mencionei essas bolsas aqui no blog, mas parece que as pessoas não me entendem! Não é por ser uma bolsa da Betty Boop especificamente, poderia ser uma bolsa da Hello Kitty ou da Pucca ou dos Ursinhos Carinhosos ou dos Teletubbies. Bolsas com estampa de desenhos animados não te deixam com cara de profissional! Elas te deixam com cara de criança, ou melhor, com cara de velha querendo ter cara de criança.

Sombra com Brilho - Gostaria de saber por que as profissionais do telemarketing adoram sombra com brilho. É incrível! Ainda se elas trabalhassem em uma casa noturna, mas não! Elas passam o dia trancadas em uma sala fazendo da nossa hora do almoço um inferno. Sombra com brilho, bem como outras maquiagens chamativas não pegam bem no ambiente de trabalho. Eles são passam uma imagem de seriedade e seus colegas não vão te respeitar tanto quanto você gostaria que eles respeitassem. Pense assim: Aposentar a sombra com brilho no trabalho é honrar tudo aquilo que as feministas dos anos 1960 lutaram para conquistar. Combinado?

Tomara que Caia - Por um simples e óbvio motivo: Pode cair! (E a ala masculina da empresa vai conspirar para tal) dica grande!

* * *
Beijos pra Karen - uma doida super legal que eu conheci no trem esses dias - e pro pessoal do Fashion Bubbles que tem me ajudado e me ensinado muito!

4 comentários:

  1. Sombra com brilho! hahahahahahha... pior que as mais toscas usam isso e ficam mais toscas ainda!!!! Tomara que caia só meu vestido de casamento e com alça! ODEIO tomara que caia, não dá pra usar com sutiã e me sinto hiper insegura. Chinelo não pode? E Crocs? rs.. Já trabalhei de Crocs, mas de chinelo nunca! Beijos. ADOREI a matéria da Hebe! Beijok Sucesso.

    ResponderExcluir
  2. HAHAHAHAHAHA, bolsa da Betty Boop! essa eh a melhor! cara de velha querendo parecer criança, isso eh FAAAATO.

    ResponderExcluir
  3. Adorei as dicas! Conheço muita gente que tem bolsa Betty Boop hein!rsrsrsrs. E a sombra com brilho no trabalho é péssimo...o moletom, o decote...hahahahaha.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHAHHAHAHAHA

    bolsa da betty boop e sombra com brilho foram o ponto alto do post.

    Mas oq vc me diria de mulheres q vão trabalhar de camiseta branca sem sutiã? Sim! Isso Ecziste!

    ResponderExcluir