segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Considerações Sobre a Moda (Parte I)


Caros,

Já que September is Fashion's January, enchi-me com o espírito da nova temporada que está prestes a começar e fiz um apanhado de algumas anotações minhas, todas sobre a moda, claro!
Aproveitem os bons ares da primavera/verão e não se esqueçam da Vogue desse mês. September's issue is always juciest!
As Notas. Ei-las:

- Não curse moda se você pensa que para se trabalhar nesse ramo vesir-se bem é bastante. Quem trabalha nessa área ingrata tem que saber sobre absolutamente TUDO! Desde o que a Maya está usando na novela, até as Cinco Vias de São Tomás de Aquino. A moda é muito abrangente e vamos combinar que vcê não vai querer ser pego de calças curtas.

- "KoMpRaY uMa LoUiS VuItToN fAb, aXo Q vO fAzE mOdA nA Sta. MaRcElInA" = FAIL!

- Moda não é arte. Ela simplesmente oferece ao consumidor maneiras de se expressar e interpretar visualmente seus sentimentos. Obviamente, essas facetas oferecidas pela marca sofrem a influência de um Departamento de Criação, mas a moda não se expressa por si só. Afirmar que moda é arte é o mesmo que dizer que é mais valoroso o trabalho do fabricador de tintas que o trabalho de Cézanne.

- A moda se vale de uma falsa premissa artística para se glamourizar.

- "Vo FaZe MoDa Pq Td MuNdU fAlA q Eu Me ViStU bEm!!! XDDD" - Poupe-me. Você pode se vestir como um mendigo. Sabendo o que vai usar, quando vai usar e para quem vender, tá valendo.

- Moda é indústria!

- "Não vou fazer moda porque não sei desenhar" - Saber desenhar não é tão necessário assim. Lógico que um croqui bem feito enche os olhos do comprador, mas se você souber vender o seu peixe bem, não vão lhe faltar clientes. Hoje existem softwares como o CorelDraw e o Acrobat Illustrator que facilitam muito o trabalho. Aposto que a costureira da sua rua também não sabe desenhar, mas a oficina dela vive lotada de gente. Acontece que ela sabe vender a idéia

- "Vo FaZeH mOdA pQ n TeM mAtEmÁtIkAh ahsfahsfasuasuhsauuh XD" - Ledo engano. Muitos cursos de moda têm na grade curricular aulas de matemática financeira e noções de administração. Alguns chegam a lecionar química e física têxtil. Fuja dos cursos que não ofereçam aulas de Matemática, são apenas aula de desenho.

- "Eu Vo Se EsTiLiSta, NuM pReCiSo SaBe CuStUrAhhh!!! Xp" FAIL². É importantíssimo para o estilista ter noções de costura e modelagem. Esses conhecimentos ajudam muito na hora de confeccionar e direcionam o pensamento, tornado o profissional mais prático. Não é preciso ser um especialista, mas se você nunca pegou numa máquina de costura, é melhor se apressar.

- As únicas pessoas que sentem o glamour da moda são os consumidores e os mais abastados. Para quem trabalha na área é uma rotina dura, na maioria das vezes mal recompensada e de pesquisa constante.


* * *

Por enquanto é só. Se o Alzheimer permitir, posto mais algumas elucubrações e epifanias.
Em breve, peças para o Verão 2010.

3 comentários:

  1. É sempre assim tanto na moda quanto em qualquer outro ramo.
    É complicado pensar só no que é mais "bonito" ao invés de procurar saber o que a profissão abrange num todo.

    ResponderExcluir
  2. ótimo post de desmitificações!!!! eu que sou cientísta político já trabalhei com moda - e trabalhava duro! - e assino embaixo de tudo o que vc falou!

    ResponderExcluir
  3. Eu concordo com tudo.
    Menos a parte "não é arte", na verdade esse é um assunto bem dividido, vários dos grandes nomes da moda julgam que não é arte, e vários que sim, e ninguém está certo nem errado, é questão de opinião. No Brasil, Simone Esmanhotto mesma disse que moda e arquitetura são as artes do século 21, Herchcovitch diz que é comércio, vai de ponto de vista. É uma discussão bem apaixonada no mundo da moda, mas que não interessa, eu acho que é arte, você acha que não, não estamos certos ou errados, não interessa, o fato é que moda influencia nossa maneira de pensar, sentir, e até influencia toda uma geração (se bem que depois do New Look e de YSL, -na minha opinião esses foram os últimos a realmente influenciar- os outros apenas influenciam o mundo da moda mesmo desde então), se é arte ou é industria, não interessa.

    ResponderExcluir